maio 01, 2011

Livro sobre fotografia é liberado para download

André Luis de Alvarenga (35), é pós graduado em metodologia de ensino e supervisão de gestão escolar, e descobriu na fotografia uma grande paixão, que lhe rendeu dois livros, o primeiro, “A Arte da Fotografia Digital”, foi lançado em 2005, pela Editora Ciência Moderna.

“A obra foi distribuída em todo território nacional e países de língua portuguesa e ainda hoje tem o seu mercado”, explica.

Este ano, Alvarenga lança um novo projeto: o e-book de 113 páginas, “Introdução a Fotografia e ao Vídeo Digital”.


”É totalmente novo, não foi utilizado nenhuma parte do anterior. Penso no fotógrafo iniciante que ganhou uma máquina digital, ou que está pensando em adquirir uma e não sabe por onde começar”, define.

O livro foi disponibilizado para download no site www.fotografiaeviagem.com, a solenidade de lançamento aconteceu discretamente, via Facebook. “Não dá mais para ignorar a força das redes sociais na internet e sua viralidade para divulgação em massa. Sempre pensei em compartilhar o que eu tinha aprendido de uma maneira mais abrangente, desde o lançamento do livro em papel em 2005”.

A obra resume um pouco dos estudos de Alvarenga, que teve início em 1999 se intensificaram em 2004.

Sensibilidade e olhar valem mais que o equipamento
Para Alvarenga (foto) o que faz a foto é o olhar do fotógrafo e não o equipamento. “Não adianta comprar equipamento super sofisticado achando que as fotos irão melhorar, pois na maioria das vezes até piora, este é um dos grandes mitos. Equipamento é na realidade um instrumento”.

Não podemos descartar o Photoshop

O livro traz conceitos de manipulação de imagens com o Photoshop. “O uso do Photoshop é um adicional, para que o fotógrafo iniciante caminhe para se tornar um amador avançado. Os conceitos não são para a manipulação digital, ou seja alterar a identidade”, diz André Alvarenga.




Site pretende auxiliar os fotógrafos iniciantes

O livro é apenas um dos serviços oferecidos pelo site de André Alvarenga (www.fotografiaeviagem.com). “É um espaço aberto a todos os interessados em fotografia. Ele tem uma área para os alunos e entusiastas enviarem suas fotos para que possamos fazer comentários visando aprimorar a técnica”.

Não basta ter equipamento, é necessário visão

Alvarenga explica que atualmente, fotografar não é privilégio para poucos, mas se denominar como fotógrafo é diferente, exige estudo e dedicação. “Você não pode comprar um conjunto de bisturi e dizer que é cirurgião, mas você pode comprar uma máquina digital e dizer que é fotógrafo e é ai que está o risco”. Segundo ele, algumas tarefas sempre exigem a contratação de profissionais qualificados.

 “Não vale a pena, só para economizar, confiar as fotos de um casamento a algum parente que acabou de ganhar uma máquina digital. A decepção será grande, até porque para este tipo de foto é fundamental  o equipamento correto, afinal as fotos podem durar mais que o casamento. É verdade que qualquer um hoje em dia pode tirar fotos facilmente, mas ser fotógrafo profissional é  algo muito diferente”, explica.