junho 13, 2011

Al Pacino vive o papel do polêmico Dr. Morte


Jack Kevorkian, o Dr. Morte, morreu em 3 de junho deste ano no hospital onde estava internado há um mês. Famoso por defender a eutanásia, Dr. Jack ajudou em mais de 130 suicídios. Criou uma máquina chamada Mercytron, que permitia a seus pacientes injetarem em si mesmos uma alta dose de analgésicos e assim morrerem de forma indolor, sempre na presença do doutor.


O polêmico médico é o personagem central de Você não Conhece Jack, produção da HBO que chega em DVD (R$ 39,90) ao mercado no dia nove deste mês. Com Al Pacino no papel principal – que lhe rendeu o Emmy e o Globo de Ouro de Melhor Ator - e estrelas como Susan Sarandon e John Goodman no elenco, a trama mostra a luta de Jack em defesa do que considerava uma morte digna a doentes terminais.
Vida do médico que ajudou o suicídio de pacientes é retratada em longa
Visto como monstro por uns e como um salvador misericordioso por outros, Kevorkian passou a assistir o suicídio de pacientes com doenças terminais no início da década de 1980. Foi julgado quatro vezes pela prática: foi absolvido em três e um dos julgamentos dói anulado.
Boo Box



No entanto, em 1999, ele enfrentou novamente a Justiça, desta vez acusado de homicídio. Um de seus pacientes estava impossibilitado de ministrar as drogas do suicídio, o que foi feito pelo próprio Jack. O doutor registrou o procedimento em vídeo e enviou o material para o programa da televisão americana 60 Minutes, o que se virou contra ele. No julgamento, Dr. Jack dispensou o advogado e comandou sua defesa, mas foi condenado. Deixou a cadeia em 2007, em condicional.

Além de abordar os principais acontecimentos da vida do Dr. Morte, o longa pretende levantar a polêmica em torno da eutanásia, tanto levando em conta os argumentos do médico e dos seus aliados, como dos opositores e inimigos que conquistou com sua filosofia.