março 12, 2012

Sampa Bikers Mulher colore a cidade de São Paulo e pede a paz no trânsito



O domingo foi mais colorido e bonito no Centro de São Paulo. Acostumadas à correria do dia a dia, desta vez as ruas e avenidas tiveram um ritmo mais calmo com o Sampa Bikers Mulher. Com a participação de 100 ciclistas, todas vestidas de cor de rosa, evento teve um passeio de 20 quilômetros pelas ruas da cidade, passando pelos principais pontos turísticos e históricos. A largada aconteceu na Rua Guainases, 1238, Campos Elísios, às 9h.

Mais do que o exercício em si, o evento teve três motivos especiais. O primeiro deles foi a comemoração o Dia Internacional da Mulher, que aconteceu no dia 8, e por isso da pedalada reunir basicamente mulheres. O segundo foi fazer um protesto gentil pela paz no trânsito, sendo que no cruzamento das avenidas Ipiranga e São João todas as participantes distribuíram flores aos motoristas. Uma breve parada na Catedral da Sé marcou o terceiro motivo da pedalada, com todos reivindicando mais ciclovias e também o convívio pacífico entre carros e bikes.

"Foi um gostoso passeio de bicicleta pelas ruas do centro da cidade de São Paulo. Todas elas estavam bem animadas e se divertiram durante o passeio e é claro que chamaram muita atenção pois estavam de rosa. Acho que conseguimos mobilizar muita gente e isso é importante na busca por um trânsito mais humano e melhor na cidade", declarou Paulo de Tarso, presidente do Sampa Bikers, organizador do evento.

A iniciativa teve também um caráter beneficente, com arrecadação de produtos de higiene pessoal, maquiagem em geral e bijuterias, como forma de inscrição. Estes materiais foram destinados à Fundação Francisca Franco - entidade que atende mulheres que sofreram violência doméstica.