junho 24, 2012

Conselho Estadual de Educação reconhece o curso de radiologia


O curso de tecnologia em radiologia e diagnóstico por imagem na área da saúde desenvolvido pela Fatec de Botucatu em parceria com a Faculdade de Medicina de Botucatu foi reconhecido pelo Conselho Estadual de Educação, recebendo chancela de três anos. A primeira turma, que se formou no final do ano passado com direito a celebração simbólica no Salão Nobre da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB), voltou ao campus na manhã de sexta-feira para a colação de grau.

O curso, que atualmente configura entre os mais disputados da Fatec de Botucatu, foi reconhecido meses após completar seu ciclo, que teve em seu primeiro processo seletivo (2009), a concorrência acirrada de 7,98 candidatos/vaga. São oferecidas 40 vagas por semestre

“Teremos a partir de agora 40 novos alunos formados a cada seis meses, aptos ao trabalho em uma área com grande aceitação e necessidade de mão de obra especializada”, ressalta Roberto Antônio Colenci, diretor da Fatec de Botucatu.

O tecnólogo em radiologia executa as técnicas radiológicas, radioisotópicas e de medicina nuclear. Pode gerenciar serviços e procedimentos radiológicos, atuando conforme as normas de biossegurança e radioproteção em clínicas de radiodiagnóstico, hospitais, policlínicas, laboratórios, fabricantes e distribuidores de equipamentos hospitalares. Atua nos serviços médicos, públicos e privados, sob a supervisão do Radiologista Médico.

O curso, que foi implantado em 2009, encerrou o prazo de inscrições para o vestibular do segundo semestre na semana passada. “Em todo o país temos apenas duas faculdades que oferecem esse curso, Em Botucatu e na Unifesp, em São Paulo”, ressalta Colenci.