setembro 03, 2012

Inovações e relação da aplicação da Física à Medicina em debate


Entre os dias 26 e 29 de setembro, a Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), em parceria com o Instituo de Biociências de Botucatu (IBB) promove a 8ª edição do Confiam- Congresso de Física Aplicada à Medicina. O evento ocorre no Salão Nobre da FMB, no campus da Unesp, em Rubião Júnior, e será voltado a profissionais de diferentes instituições de ensino e pesquisa, jovens pesquisadores e empresas particulares.

Com enfoque voltado para a inovação e melhoria na aplicação de conhecimentos Físicos aplicados à Medicina, o congresso permitirá a divulgação às novas técnicas/tecnologias na aplicação dos conhecimentos físicos à Medicina.


Através de mini-cursos, palestras e apresentação de trabalhos científicos, os participantes poderão debater temas como a nanoneurobiofísica, biologia sistêmica do câncer, Física Forense, radioterapia, radioproteção, rotina em Medicina Nuclear, entre outros tópicos. Estão convidados para mediarem os eventos, especialistas da Unesp, Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) e Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). O congresso também receberá especialistas de instituições da Espanha e Holanda.

'O evento pretende desempenhar papel relevante na consolidação da interface entre a Física e a Medicina no contexto nacional promovendo atividades como cursos de atualização, palestras, mini-cursos e mesa redonda, voltadas para a discussão, aprimoramento e atualização', frisa Ney Lemke, professor do Departamento

A inscrição dos interessados pode ser feita através do site www.confiam.fmb.unesp.br. A taxa de participação varia de R$ 80 (somente o Congresso para alunos de graduação, pós-graduação e profissionais da área) a R$ 90 (Congresso e Curso Técnico). Há ainda a opção de se realizar apenas o curso técnico, sendo que a taxa será de R$ 35. Contatos com a organização podem ser feitos pelo email: viiiconfiam@gmail.com

O Congresso de Física Aplicada à Medicina tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Pró-Reitoria de Extensão da Unesp (Proex), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).