janeiro 29, 2013

Projeto Guri adia início das aulas em Botucatu


A coordenação do Projeto Guri do Polo de Botucatu informa que, devido à reforma do Espaço Cultural “Dr. Gabriel Marão” e a necessidade da viabilização de outro local para realização de suas atividades, as aulas dos alunos veteranos do projeto, que deveriam começar nesta quarta-feira (30), foram adiadas para o dia 15 de fevereiro de 2013.

Nesta mesma data, também terão início as aulas dos novos alunos do Guri, os quais devem realizar suas matrículas até dia 22 de fevereiro.



Sobre o Projeto Guri - Mantido pelo Governo do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, desde 1995 continuamente, nos períodos de contra-turno escolar, cursos de iniciação musical, coral, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopro, teclados e percussão.

Mais de 55 mil jovens fazem aulas nos 421 polos distribuídos por todo o Estado de São Paulo. O programa socioeducativo há 16 anos realiza um trabalho que tem na música seu instrumento de transformação e, nos guris, sua obra-prima. . Em Botucatu, oferece cursos de canto coral, iniciação musical, violino, viola clássica, violoncelo, contrabaixo e teclado.

O Projeto Guri é administrado por duas organizações sociais ligadas à Secretaria de Estado da Cultura. Os mais de 360 polos distribuídos pelo interior e litoral do Estado, com mais de 40 mil guris, são dirigidos pela Associação Amigos do Projeto Guri (Amigos do Guri). Já a gestão das unidades da capital é realizada pela Santa Marcelina Organização Social de Cultura.

Além do Governo do Estado – seu idealizador – a Amigos do Guri, que compartilha com a Secretaria de Estado da Cultura a gestão do projeto desde 2004, conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas.