fevereiro 20, 2013

Botucatu - Requerimento do Presidente da Câmara aproxima Praça Sertaneja da realidade


No início do mês, a dupla sertaneja Ramiro Viola e Pardini, manifestou através do jornal Diário da Serra o sonho de transformar a Praça Coronel Moura, o Paratodos (Botucatu), em uma Praça Sertaneja, com bustos de cantores consagrados do gênero, espaço para shows, entre outras benfeitorias.



Dez dias após a reportagem, o presidente da Camara Municipal, Edney Lázaro da Costa Carreira, colocou em votação um requerimento pedindo para que a Prefetitura estude a possibilidade de realizar a revitalização da Concha Acústica do Paratodos, realizar a reforma nas arquibancadas e seus camarins.
O requerimento foi aprovado, e a intenção do projeto, segundo Carreira é transformar a concha acústica no “Memorial da Música Sertaneja Raiz de Botucatu”.

“Botucatu sempre foi conhecida por ser o berço da música sertaneja raiz, uma vez que grandes nomes de referido segmento nasceram ou deram início em suas carreiras na cidade. Raul Torres, Angelino de Oliveira, Carreirinho, Zé da Estrada, Tonico e Tinoco, entre outros são nomes de cantores e duplas de Botucatu que abrilhantam ou já estrelaram o cenário da música sertaneja e o município deveria contar com um espaço destinado a exaltar tais músicos servindo também de local para realização de eventos culturais e festivais de música sertaneja raiz.

A conhecida Concha Acústica localizada na ‘Praça do Paratodos’, seria o local ideal para se tornar uma espécie de “memorial da música sertaneja raiz de Botucatu”, uma vez que é o ‘marco zero’ de Botucatu, local onde nossa cidade teve início e conseqüentemente também a música sertaneja”, ressalta o vereador afirmando ainda que para tanto, a área necessita de uma completa revitalização, seja em seu “miolo” ou também em suas arquibancadas e camarins.

Ramiro Viola ressalta que na última quinta-feira (21), esteve com o presidente da Câmara para tratar deste assunto e na ocasião entregou ao legislador um envelope com fotografias mostrando a situação da praça.

“Entreguei ao Carreira um verdadeiro dossie com imagens de pontos degradados do Paratodos e regiões específicas que precisam de atenção do poder público. Graças a Deus que ele acatou a ideia reforçou o pedido com o requerimento. Agora o próximo passo é ir atrás de recursos e se for necessário vamos até o fim do mundo para termos essa conquista”, diz o músico.