fevereiro 20, 2013

Ponto de cultura “Espaço dos Notívagos” abre inscrições para oficinas do 1º semestre


O Ponto de Cultura “Espaço dos Notívagos” abre inscrições para as oficinas do primeiro semestre de 2013. As atividades contam com o apoio da Prefeitura de Botucatu e do Ministério da Cultura através do programa Cultura Viva.


Ao todo são três oficinas e cinco núcleos recomendados para maiores de 14 anos, os quais possuem carga horária de 48 horas. Todas as atividades serão realizadas de março a junho no próprio Ponto de Cultura “Espaço dos Notívagos”, localizado na Rua Carvalho de Barros, número 99, Boa Vista (ao lado do Convento “Servas do Senhor”).

 A oficina de iniciação teatral e os núcleos de trilha sonora e de prática musical são gratuitos e abertos para a comunidade. Para participar das outras atividades (ator e treinamento, interpretação, improviso, estética teatral e vídeo) é necessário ser associado e contribuir com uma mensalidade de R$ 20, independente do número de atividades que participe.

 Os interessados em participar da “Oficina de Interpretação” e do “Núcleo de Improviso” devem ter experiência teatral prévia, ou seja, a vivência da prática teatral tendo como resultado apresentação de espetáculo.

A ficha de inscrição deve ser solicitada pelo e-mail notivagosburlescos@yahoo.com.br, preenchida e enviada para o mesmo endereço de correio eletrônico. As inscrições encerram no dia 1º de março. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3814-2948.

Sobre os Pontos de Cultura - Ponto de Cultura é a ação principal de um programa do Ministério da Cultura chamado Cultura Viva, concebido como uma rede orgânica de gestão, agitação e criação cultural. Ele não é uma criação de projetos, mas a potencialização de iniciativas culturais já existentes. Em alguns pode ser a adequação do espaço físico, em outros,  a compra de equipamentos ou, como a maioria, a realização de cursos, oficinas culturais e produção contínua de linguagens artísticas como música, dança, teatro, cinema, capoeira, entre outras.

A prioridade do Programa Cultura Viva são os convênios com Governos Estaduais e do Distrito Federal, e com os Governos Municipais para fomento e conformação de redes de pontos de cultura em seus territórios. Os projetos selecionados funcionam como instrumentos de pulsão e articulação de ações já existentes nas comunidades. Eles contribuem para a inclusão social e a construção da cidadania, seja por meio da geração de emprego e renda ou do fortalecimento das identidades culturais.

Botucatu foi contemplada com seis pontos de cultura sendo eles: Associação do Bem Estar - Abem / “Biblioteca Abem”; Associação Arte e Convívio / “Fortalecer para Crescer – A Arte do Encontro”; Associação Teatral Notívagos Burlescos / “Espaço dos Notívagos”; Núcleo Assistencial Joanna de Angelis / “Musicalizando”; Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Botucatu - Apae / “Abayomi” ; Movimento Teatral de Botucatu / “RamificAÇÃO” .

Sobre as atividades

OFICINA DE INICIAÇÃO TEATRAL
Oficina de introdução à linguagem teatral que busca desenvolver a criatividade e a intuição dos participantes no jogo cênico, liberando o gesto, a fala e a expressividade do corpo como emissor e receptor de mensagens.
Coordenador: Vinícius Gil e Ana Martines.
Quartas, das 19 às 22 horas.
Início: 6 de março.

OFICINA DE INTERPRETAÇÃO
Uma introdução às técnicas de interpretação, leitura e interpretação do texto dramático para a criação de personagens. É necessário ter alguma experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Iniciação Teatral anteriormente.
Coordenador: Gustavo Faria.
Quintas, das 19 às 22 horas.
Início: 7 de março.

OFICINA ATOR E O TREINAMENTO
Partindo do princípio que o instrumento do ator é seu próprio corpo, a oficina pretende abordar o que é (ou o que pode vir a ser) seu treinamento pré-expressivo, no que concerne o despertar da consciência corporal somado ao desenvolvimento das habilidades de prontidão, disponibilidade, concentração e das noções rítmicas e espaciais.
Coordenadora: Mimi Tortorella.
Segundas, das 14h30 às 17h30.
Início: 4 de março.

NÚCLEO DE IMPROVISO
Exercício de criação e encenação através de técnicas de improviso e desenvolvimento de cenas e sketches. É necessário ter alguma experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Iniciação Teatral anteriormente.
Coordenador: Erick de Barros.
Terças, das 19 às 22 horas.
Início: 5 de março.

NÚCLEO DE MONTAGEM
Através do processo didático os participantes poderão vivenciar a montagem de um espetáculo teatral. É necessário ter experiência teatral prévia ou ter participado da Oficina de Interpretação anteriormente.
Coordenadores: Flávia Hiroki e Robert Coelho
Segundas e sextas, das 19 às 22 horas.
Início: 4 de março

NÚCLEO DE VÍDEO
Núcleo de estudo da linguagem audiovisual e de técnicas de criação de roteiro. As atividades incluem a criação de curtas e experimentações do uso do audiovisual com a linguagem cênica.
Coordenador: Mariano Pikman.
Quintas, das 19 às 22 horas.
Início: 7 de março.

NÚCLEO DE TRILHA SONORA E SONOPLASTIA
Núcleo de estudo e criação de trilha sonora e sonoplastia para espetáculos teatrais e audiovisuais. Durante os encontros os participantes conhecerão fundamentos da produção e execução de músicas, efeitos e ambiências sonoras.
Coordenador: Henrique Rabadan.
Quinzenalmente, às terças, das 15 às 18 horas.
Início: 5 de março.

NÚCLEO DE PRÁTICA MUSICAL
Núcleo de estudo e pesquisa indicado para músicos e cantores interessados em colocar em prática ideias e habilidades técnicas musicais em conjunto. As atividades do grupo incluem práticas de criação e improvisação musicais e a execução de trilhas sonoras para teatro e vídeo.
Coordenador: Henrique Rabadan.
Quinzenalmente, às terças, das 19 às 22 horas.
Início: 5 de março.