maio 14, 2013

Carro restaurado em Botucatu no Museu da Volkswagem na Alemanha


Um veículo SP2 da Volkswagem de 1974, restaurado em Botucatu pela Barduco Automóveis Antigos agora faz parte do Museu Volkswagen e está em exibição, em sua sede mundial, na cidade de Wolfsburg, Alemanha, “Fico extremamente satisfeito em saber que lá na Alemanha, tem o nome de Botucatu e de nossa empresa, no único exemplar exposto, desse modelo”, diz Hélio Barduco, responsável pelo processo de restauro.




Ele explica que a restauração foi trabalhosa e que o veículo ficou um longo período de tempo na oficina aguardando por peças e itens, que garantissem sua originalidade. “Foi difícil, precisamos fazer uma ampla revisão mecânica e do sistema elétrico, mas acompanhar trabalho aconteceu em Barra Bonita, no encontro nacional de colecionadores de SP2, quando um engenheiro da Volks, veio ao Brasil excepcionalmente adquirir um veículo deste modelo para o museu”, explica Barduco.

A restauração, feita a pedido de um colecionador cujo nome será preservado, foi vendido por um alto valor no final de março, data em que ocorreu o encontro mundial, em Barra Bonita. “Esse é o único modelo esportivo da Volkswagen produzido apenas no Brasil, em homenagem a São Paulo, por isso o nome. Isso ocorreu porque, na época, o Brasil teve a segunda maior fábrica da Volks e representou um importante mercado para a empresa”, ressalta Barduco.

O interessante dessa aquisição é que o engenheiro que efetuou a compra explicou ao cliente da oficina que já estava procurando um exemplar desse modelo há alguns anos, porém, todos os veículos analisados por ele não preencheram os requisitos de originalidade exigidos pelo museu.
“Ele chegou, bateu o olho e levou. Percebeu o cuidado e a atenção que dedicamos a esse trabalho especificamente”, comenta.

História - O SP2, o primeiro carro nacional totalmente projetado no Brasil, foi desenhado por Senor Schiemann, que desde 1969 já tinha idealizado o desenho básico do carro. A frente do SP2 foi inspirada no modelo europeu VW 412 (Type 4), (assim como os brasileiros Variant e Brasilia, também criados por Leiding). Mas, os trabalhos na prancheta começaram mesmo em novembro de 1970, projeto este que ficou conhecido como “Projeto X”, e era guardado a sete chaves pela VW. Leiding ficou impressionado com o desenho do novo carro e mandou construir um protótipo para a Feira da Indústria Alemã, em São Paulo, em março de 1971. Após muita expectativa, finalmente foi exibido ao público, dividindo a atenção da feira com o protótipo C111 da Mercedez Benz.

As reações do público e da imprensa foram das mais positivas, sobretudo pelo estilo agradável do carro. Durante mais um ano ainda, o esportivo da VW manteve o público em suspense, recebendo pequenas modificações e acertos finais para chegar ao mercado.

Em junho de 1972 foi lançado o novo carro, batizado de SP (iniciais de São Paulo, estado onde foi idealizado e produzido) nas versões SP1 (1.584 cc e 65 cv) e SP2 (1.678 cc e 75 cv). A maioria dos revendedores recebeu o primeiro carro apenas em julho, e o lançamento foi um sucesso.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...