maio 14, 2013

OAB/Botucatu busca realização do Exame da Ordem no Município


A diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Botucatu demonstra interesse em receber e realizar na Cidade o Exame da Ordem, após pedidos de acadêmicos e recém-formados no curso de graduação de Direito na ITE/Botucatu e FMR, de São Manuel, que necessitam se deslocar até cidades como Bauru e Avaré para realizarem o Exame.


Desta forma, o pedido foi encaminhado a Seccional da OAB/SP, ao Secretário-Geral Dr. Caio Augusto Silva dos Santos, e passará pela apreciação das comissões competentes. “Para esses acadêmicos-examinandos é necessário que se desloquem até cidades vizinhas como Bauru e Avaré, o que implica em aumento de custos, como viagem, pedágios e alimentação, às vezes, hospedagem, sem contar as dificuldades inerentes ao risco decorrentes das estradas e eventuais atrasos na chegada para realização da prova, o que implica em perda do Exame, que é o seu passaporte para o sonhado ingresso nos quadros da OAB”, explica o presidente da OAB/Botucatu, Dr. André Nogueira, que completou. “Temos ótimas expectativas a respeito de nosso pedido”.

Outro ponto apresentado pela diretoria da OAB/Botucatu para que a cidade receba o Exame da Ordem, é posição geográfica do município, que beneficiaria recém-formados no Curso de graduação de Direito de toda a região. “É importante lembrar que Botucatu está situada numa região geográfica estratégica do Estado de São Paulo, atendida satisfatoriamente por uma ampla rede de rodovias, sendo que o Exame de Ordem realizado em Botucatu implica em enormes facilidades e redução de custos para tantos outros acadêmicos e bacharéis que residem em outras cidades da região, como São Manuel, Conchas, Pardinho, Bofete, Porangaba, Anhembi, entre outras”, lembrou o presidente da OAB/Botucatu.

O local para que o Exame da Ordem possa ser realizado em Botucatu já foi indicado pela diretoria da OAB/Botucatu. “Procuramos a ITE, que possui acomodações confortáveis e amplas para receber esse contingente de examinandos, com salas com ar condicionado e carteiras almofadas, além de estacionamento próprio e com segurança, para que ali possa ser aplicada a prova, e fomos prontamente atendidos, sem qualquer custo para FGV, atual instituição que aplica o Exame de Ordem, de modo a facilitar a vinda da prova para nossa cidade”, explicou o Dr. André Nogueira.

Agora, a diretoria da OAB/Botucatu aguarda a avaliação do pedido junto a Seccional da OBA/SP. “Existem vários requisitos a serem observados por uma cidade que pretende receber a realização desse Exame, os quais, agora, serão analisados pelo Conselho Federal da OAB, ainda assim, temos a expectativa de que Botucatu, uma cidade em franco desenvolvimento, tenha condição de receber o Exame de Ordem, facilitando a vida dos examinandos e agregando melhores condições à nossa cidade. Vamos acompanhar o processo”, finalizou o presidente da OAB/Botucatu, Dr. André Nogueira.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...