maio 19, 2013

Primeira palestra com Andre Liohn está com lugares esgotados

A procura pela palestra do fotógrafo de combate André Liohn que acontecerá amanhã, às (19h15) na escola EECA (Escola Estadual Cardoso de Almeida), foi grande e todos os lugares já foram preenchido. Para atender a demanda, Liohn promoverá um segundo encontro, às 20h30, no auditório da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), com entrada franca.

 Agora, os interessados em prestigiar o evento devem comparecer no segundo encontro que acontecerá no auditório da OAB, às 20h15 de amanhã
Liohn tem como público alvo estudantes dos cursos de supletivo e do ensino médio da cidade. “Meu interesse por este publico se deve exatamente por eu já ter passado por cursos como esses, enquanto vivia em Botucatu”, explica o fotógrafo.

Essa relação com o sistema educacional de Botucatu levou o fotógrafo a promover sua primeira palestra na escola onde estudou na juventude, a EECA. “Estarei na minha velha escola para apresentar meu trabalho, falar sobre a minha trajetória desde a infância em Rubião Júnior até os dias de hoje”, antecipa o profissional da imagem.

Premiado -  André Liohn é correspondente de guerra freelance e único brasileiro e latinoamericano a receber o prêmio Robert Capa de fotografia, título concedido apenas a fotógrafos que vivenciam o combate de perto, colocando sua vida em risco em nome das imagens de combate.

Em entrevista ao jornal Zero Hora, o fotógrafo relata que em Misrata testemunhou a morte de dois colegas de trabalho, britânico Tim Hetherington e o americano Chris Hondros, ambos morreram devido ao disparo de morteiro e tiveram os corpos retirados da Líbia por esforço de Liohn, que auxiliou no transporte para fora do campo de batalha.

Hondros ganhou do Robert Capa Gold Medal, em 2005 e Hetherington concorreu ao Oscar com um documentário sobre a Guerra do Afeganistão. Cinco dias após o incidente que resultou nessas duas mortes, o próprio Liohn quase foi morto.

Ao todo o fotógrafo já percorreu doze países em conflito, entre eles Oslo, Etiópia, Uganda, Congo, Sudão, Quênia, Líbia, Egito, Iêmen, Quirquistão, Uzbequistão, Síria e Haiti.

As histórias de combate e o prêmio inédito fizeram de Liohn uma personalidade internacional quando o assunto é o registro de combates, sendo convidado a participar do Programa Roda Viva em 2012, com aparições também na Globo News, Fantástico e jornal da Globo.

Apesar de percorrer o país palestrando sobre sua profissão, riscos e a realidade da guerra, será a primeira vez que ele vem para sua terra natal para realizar palestras.

A realização dos encontros com Liohn é uma realização do blog O Grito Notícias, jornal Diário da Serra Centro Cultural de Botucatu, programa “OAB vai às escolas”, desenhista Marcos Mendes Maciel e Restaurante Java.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...