junho 01, 2013

Estuprador de Laranjal Paulista fica isolado em cela da cadeia de Itatinga

CRISTIANO ALVES - especial para O Grito Notícias

O mecânico de 49 anos que foi preso terça-feira acusado de assediar 25 crianças em Laranjal Paulista foi transferido para a Cadeia Pública de Itatinga. O suspeito é acusado de manter contato com crianças através de um perfil falso da rede social Facebook, onde se passava por uma menina de 10 anos para atrair meninas.


Na cadeia onde o pedófilo está existem quatro celas que são separadas por um pátio. Presos não têm contato para evitar agressões aos pedófilos.

Na cela o preso está junto com outro suspeito de crime sexual que foi preso em Bofete e também espera julgamento da Justiça. O banho de sol é feito em horário separado dos demais presos.

Segundo informações obtidas na unidade prisional, o preso chegou no mesmo dia em que foi detido pela Polícia de Laranjal Paulista.

A carceragem não informou se ele tem alimentado, mas durante a sua permanência não tem conversado com a equipe policial que cuida dos detentos e fala apenas com outro preso.

No tempo em que ficar preso, o pedófilo não poderá ter visita. Segundo a informação obtida pela reportagem como se trata de cadeia de trânsito. o preso só fica no local até surgir vaga no sistema prisional. Depois ele será levado para um Centro de Detenção Provisória (CDP).

Na cadeia o preso está com mais vinte detentos, mesmo assim não foram registrados incidentes.

O caso - O acusado foi detido em sua casa na terça-feira onde a Polícia Civil localizou fotos de crianças nuas.

Segundo o delegado Francisco Zalla Catojo, a suspeita de que abusos estavam acontecendo na cidade começou quando o pai de uma menina de 13 anos viu a conversa dela com uma suposta criança, que pedia para ela mandar fotos sem roupa ou em poses sexuais. Por isso a polícia começou a monitorar as conversas e descobriu que o homem suspeito já tinha mantido contato e conversado sobre sexo com pelo menos 25 meninas.

“O pai que denunciou o caso tem uma filha de sete anos. Depois descobrimos que o suspeito detido hoje abusou de uma garota de 13 anos. Essa menina abriu o jogo e nos contou que foi abusada. O acusado também confirmou a história”, o disse o delegado responsável pela investigação.

No perfil criado pelo suspeito existem fotos de crianças com roupas curtas e biquíni em poses insinuantes. A polícia está levantando informações se todas as crianças são de Laranjal Paulista, mas existe a possibilidade de mais meninas da região terem conversado e mandado foto ao mecânico.

A polícia informou que não vai divulgar o nome do suspeito para não expor a sua família e para evitar ataques contra a casa dele e de seus parentes. Além de mecânico o homem trabalhava com carnaval de rua empurrando carros alegóricos.







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...