julho 25, 2013

Jovens produzem documentário sobre o III EIA

Vinte jovens que fazem parte do projeto “Agroecologia e Educação Ambiental – Despertando o Olhar para a Agroecologia e a Produção de Alimento no Quintal”-, estarão produzindo um vídeo-documentário sobre o III Encontro Internacional de Agroecologia. A direção do documentário é do videomaker Mariano Pikman. O encontro será realizado entre os dias 31 de julho e 3 de agosto, em Botucatu-SP.



Os adolescentes tiveram oficinas de Cinema e Vídeo. “Além do conhecimento técnico, aprendem a usar essa importante ferramenta de Comunicação e Informação”, conta Pikman.

Os jovens tiveram aulas de Roteiro, Noções de Câmera e Edição de vídeo, além do apoio do jornalista José Alberto Conte Junior, que ministrou uma oficina de Introdução às Técnicas de Reportagem e Entrevista, e que, ao lado de Pikman, acompanha e instrui os jovens durante o III EIA. “Também faremos a edição final de texto e imagens”, comenta o jornalista.

O projeto Agroecologia e Educação Ambiental é desenvolvido pelo instituto Giramundo e atende jovens entre 14 e 19 anos, que são encaminhados pelos Centros de Referência em Assistência Social do município de Botucatu.

EIA - o encontro vai reunir dois mil participantes, entre acadêmicos, técnicos, pesquisadores, estudantes e agricultores ligados às experiências em Agroecologia no Brasil e outros países latino-americanos para um amplo e profundo debate com o foco direcionado para o intercâmbio de conhecimentos técnico-científicos e populares com o tema “Redes para Transição Agroecológica na América Latina”. A programação é extensa e inclui palestras, mesas redondas, debates, oficinas, minicursos e uma feira de saberes e sabores.

Participam do evento nomes respeitados na área como Vandana Shiva, líder do Movimento Navdanya da Índia, expoente mundial no debate sobre biodiversidade, gênero e soberania alimentar; Miguel Altieri, pesquisador da Universidade de Berkeley/Califórnia e coordenador da Sociedade Científica Latinoamericana de Agroecologia; Eduardo Sevilla Guzmán, catedrático do Instituto de Sociologia e Estudos Campesinos da Universidade de Córdoba; Victor Manuel Toledo, pesquisador reconhecido no debate mundial sobre agrobiodiversidade e conhecimento popular.

Dentre os participantes brasileiros está Francisco Roberto Caporal, professor doutor da Universidade Federal Rural do Pernambuco, reconhecido internacionalmente pela sua influência no grupo idealizador da nova Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural do Brasil - PNATER.

O evento é uma realização da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp - Campus de Botucatu -, Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais e Instituto Giramundo Mutuando. Apoio da Prefeitura Municipal de Botucatu.

Mais informações e inscrições: www.eia2013.org

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...